Ano XIX-Novembro/Dezembro de 2016 nº. 204
A Petroleira Rosneft inicia perfuração na Amazônia em 2017

A petroleira russa Rosneft pretende iniciar, em janeiro, suas primeiras perfurações na Amazônia. A companhia fechou um contrato com Queiroz Galvão Óleo e Gás e a Schlumberger, para fornecimento dos serviços de perfuração na região. A filial brasileira da gigante russa do petróleo Rosneft e o conglomerado industrial brasileiro Queiroz Galvão e Gás assinaram um contrato para aluguel de equipamento para perfuração de superfície e serviços relacionados, de acordo com comunicado da primeira à imprensa. De acordo com o texto, a Rosneft pretende iniciar a perfuração da Bacia do Solimões em 9 de janeiro de 2017.Os serviços de gestão integrada do processo de perfuração na Bacia do Solimões serão oferecidos pela maior prestadora de serviços petrolíferos do mundo, a Schlumberger, juntamente com a Queiroz Galvão.A Rosneft Brasil pretende perfurar pelo menos dois poços no Solimões. O objetivo da perfuração é a obtenção de informações geológicas e a confirmação do potencial de exploração de hidrocarbonetos no local. O projeto Solimões inclui 18 áreas licenciadas de 37 mil metros quadrados, com 11 depósitos de hidrocarbonetos abertos.De acordo com avaliação da corporação DeGolyer and MacNaughton, as reservas das jazidas ultrapassam os 666 milhões de barris de equivalente de petróleo tipo C3 (95% dos recursos são gás natural).Os recursos de petróleo potenciais chegam a 371 milhões de barris, e de gás natural, a 1,2 bilhão de barris de equivalente de petróleo.A filial da Rosneft no Brasil assinou acordo com a Petrobras sobre a monetização de gás na Bacia do Solimões em 2014.
Links para envio de currículo: https://portal.queirozgalvao.com/web/grupo/trabalheconosco http://www.slb.com/contact_us/geographical/lam.aspx https://www.rosneft.com/press/news/item/184683/

Polícia prende suspeito de tráfico

A Polícia Civil e Militar por meio da equipe de Investigação do 65 DIP, sob o comando do Delegado titular Roger, prendeu em flagrante, nesta manhã 15, o nacional Jucimar Brito da Silva, vulgo "Pimbinha" pelo crimes de Tráfico de Drogas, porte ilegal de arma de fogo e crime ambiental. Após mandando de busca e apreensão, realizado na residência do mesmo onde foi encontrado 12 porções de substância entorpecente, 01 arma de fogo tipo espingarda Cal 16, 05 munições intactas, 01 quelônio, também foram apreendidos 01 TV 32, 01 Caixa de Son, 04 aparelhos celular, oriundos do comércio ilegal de drogas. Uma motocicleta também foi conduzida por está com restrições. Os policiais já vinham monitorando o traficante que já tem outras passagem por tráfico e receptaçao. Após cumprimento do mandado "Pimbinha" foi conduzido juntamente com os materiais aprendidos ao 65 DIP para ser lavrado o flagrante. Duvidas ou Denúncias podem ser feitas na própria Delegacia, ou através da linha direta investigação (015 97) 99171-5456.
Polícia apreende homem suspeito de assaltar Posto de Gasolina em Carauari


Equipe de investigação do 65º Dip apreendeu, o nacional Edvan Brito de Lima 18, o vulgo "Justin" por suspeita na prática do crime de Roubo, fato ocorrido na última quinta feira, no posto Atem, estrada do Gavião, também foi apreendido 01 simulacro, supostamente usado na prática criminosa. O suspeito foi conduzindo, juntamente com o simulacro de arma de fogo para o 65° DIP para os procedimentos cabíveis. Dúvidas ou Denúncias podem ser feitas na própria Delegacia ou através do linha direta investigação 97-991715456.
Autônomo morre após levar quatro tiros na porta de casa na Zona Norte de Manaus

O autônomo Elias Cardoso da Silva, 32, foi assassinado com quatro tiros por um homem desconhecido. Ele ainda foi levado para o Hospital e Pronto Socorro Dr. Platão Araújo, mas morreu no caminho na ambulância do Samu. De acordo com familiares, o crime ocorreu por volta das 13h deste domingo (4), na casa onde a vítima morava na rua Hermengarda, bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus.Segundo a filha da vítima, o criminoso chegou a pé perguntando se tinha quarto para alugar, o pai dela foi atender e acabou levando os tiros. Ela contou ainda que correu para ver o que estava acontecendo e encontrou Elias caído no chão e viu o criminoso saindo correndo.A filha disse também que não reconhece o assassino e que nunca o viu antes. O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS ).
Ibama alerta sobre início do defeso de espécies de peixes no Amazonas

O período de defeso das espécies aruanã, mapará, matrinxã, sardinha, pirapitinga e pacu iniciou dia 15 de novembro. De acordo com o Ibama, a captura transporte e comercialização fica proibida até dia 15 de março de 2017.Os estabelecimentos que possuem o peixe em estoque, que adquiriram o pescado antes do defeso, poderão fazer a comercialização, desde que declarem o estoque no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Segundo o órgão, declarações de estoque deverão ser entregues pelo e-mail nufauna.am@ibama.gov.br. As declarações devem conter informações sobre o declarante (nome, CPF e endereço), a espécie e quantidade em quilos do pescado armazenado e local em que o pescado está armazenado.
Período de defeso do surubim e caparari inicia e segue até março de 2017


O período de defeso dos peixes caparari e surubim iniciou no dia 15 de novembro e, portanto, está proibida a comercialização e transporte destas espécies até o final deste período, no dia 15 de março de 2017. Segundo o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM), o objetivo é garantir a reprodução das espécies nos rios da Amazônia.Os comerciantes que possuem as espécies armazenadas devem declarar o seu estoque por meio de um requerimento único, disponibilizado no site do órgão. Somente com essa declaração, a solicitação de trânsito e comercialização destes peixes pode ser autorizada pelo órgão. O gerente de pesca do IPAAM, Gelson Batista, alerta aos comerciantes que declararam estoque no ano passado podem utilizar o mesmo número de processo de declaração de estoque.

Editorial- Novidades para o próximo Ano 

 Por Hilário Viana, Editor-Chefe 

Já tornou-se um “lugar-comum” desejarmos um “Feliz Natal e Próspero Ano Novo” às pessoas que nos cercam e até aos desconhecidos. Entra ano, sai ano e esta é a frase popular mais utilizada quando cumprimentamos alguém nesse período do ano. Nada contra felicitarmos uma pessoa com tal composição, porém nesses momentos de comemorações, muitas das vezes, deixamos nosso lado sensato de observarmos pormenores e nos permitimos seduzir pela “magia” do final de ano. Assim, o que não foi realizado este ano, que importa concretizarmos depois? É esse o pensamento que aflora em muitos de nós para acostumarmos com aquilo que não desenvolvemos. Ao transpor esse sentimento de realizações para o amanhã, podemos analisar não somente nossas vidas pessoais, como também nossa participação enquanto cidadãos e pertencentes a um meio (seja ele qual for). E com isso, indagarmos se lutamos com veemência para “fazer acontecer” hoje as mudanças necessárias para melhorar a sociedade em que estamos inseridos ou permanecemos parados e esperando a cada ano as transformações tão sonhadas e entregamos para terceiros a incumbência de executar aquilo que nos omitimos. Aí entra o porquê mencionar no começo desse texto “Feliz Natal e Próspero Ano Novo”, pois se examinarmos bem, e se a pessoa a qual declaramos essa mensagem não procura realmente ser feliz e muito menos se esforça para obter a prosperidade? Conseqüentemente, não induz (não passa a idéia) de um desejo vazio, o qual parece ficar apenas no patamar do abstrato?Essa talvez seja uma forma de dizermos para que todos tenham um Natal (esbanjando a felicidade, de verdade!) e um Ano Novo (buscando realmente as realizações), afinal, o ano que nos aguarda vem com várias metas a serem conquistadas, não é mesmo?